As mil e uma boas coisas de 2015

Estamos no último dia para oficializar a nossa lista de coisas boas que aconteceram ao Stalking Project no ano de 2015. Numa breve retrospectiva que ultrapassa o ano presente, o projecto começa com uma ideia maluca em plena visualização das fotografias tiradas no Optimus/NOS Alive no concerto de Arctic Monkeys. Fotografias no meio da multidão, mãos ao alto e música para não esquecer. Essa mesma fotografia ainda é a imagem do nosso site e parece que não me canso do cabelo lambido do Alex Turner mesmo ao lado do nosso logótipo.

Falando de datas, nasceu oficialmente no dia 5 de Agosto de 2014, enquanto me preparava para ir fotografar The Gift com uma finalidade diferente, fotografar como stalker. Parece que logo depois desse concerto, a minha cidade Natal, que é Viseu, se transformou num apetecível palco musical, mas foi no dia 14 de Agosto que fui rumo à Figueira da Foz bem acompanhada com os meus companheiros de loucura e os meus pais, aventurar-me a apresentar este projecto em pleno decorrer do festival e obter uma credencial que surpreendentemente foi aceite!

Fechei o primeiro verão de 2014 com uma ideia concretizada, 22 concertos fotografados e uma visão ainda mais aberta do que é a música em Portugal. 2014 foi sem duvida o ano da concretização e nascimento, mas não foi de todo o ano em que eu acho que o Stalking tenha surgido com personalidade… para isso veio 2015!
Todos sabemos que o Verão é sem duvida a época alta da música, mas com o tempo fui percebendo que a música está mesmo em todo o lado e o stalking começou a ser um painel de noticias bem tentadoras. Mas já chega de texto e mais texto, o que está a dar são mesmo as listas! As mil e uma coisas boas do Stalking este ano foram…

1. Tornarmo-nos uma comunidade ( Nos D’Bandada )
2. Fotografar 116 concertos
3. Começar a usar video ( Youtube )
4. Fazer entrevistas ( 7 Bandas . Indie Music Fest )
5. Capitães da Areia, assumem em entrevista, que o nosso microfone é um dos seus guilty pleasure
6. Sermos chamados de stalkers por outros fotógrafos
7. Descobrir uma aldeia fantástica ( Cem Soldos, Bons Sons )
8. Ouvir o Camané a cantar Ornatos Violeta
9. Sermos os únicos fotógrafos não expulsos de um concerto especial ( Todos ao AXA )
10. Fazermos passatempos e sorteios
11. Termos stalkers por todo o mundo ( Moonspell, Suiça )
12. Criarmos um instagram e a hashtag #stalkingproject começar a ser usada devidamente
13. Ser Media Partner de um Festival ( IMF )
14. Fazer pins do Stalking + Eu Sou Stalker e os nossos amigos usarem
15. Fotografar o Tigerman 4547533 vezes
16. Ver as nossas fotos em bandas que gostamos (Brass Wires Orchestra, Les Crazy Coconuts, The Sunflowers …)
17. O excelentíssimo Álvaro Costa dizer que somos fofinhos
18. Criar um ajuntamento enquanto entrevistamos bandas
19. O Batdad conhecer o Stalking ( link . 57 segundos )
20. A nossa GoPro ser uma atração num festival
21. Um teaser com a música da adele ter 50.000 pessoas de alcance
22. Ter uma banda a fazer o seu diário de viagem para o Stalking ( 800 Gondomar )
23. Ultrapassarmos a meta dos 2016 likes até 2016
24. As nossas imagens servirem para alguma coisa ( Barreiro Rocks ; Publico )
25. Termos os melhores stalkers do mundo que acreditam e amam este projecto como ninguém.

E quem ainda acredita em nós foi puramente enganado quanto aos mil e um… tenham paciência não somos assim tão fixes. Mas o ano de 2015 foi do caraças e estamos muito orgulhosos em partilhar isto convosco!
Até já 2016.

Free Web Hosting