InDouro Fest responde aos stalkers

O InDouro Fest é um festival promovido pel’A Ilha dos Flamingos com o apoio da Câmara Municipal de Gaia que vai decorrer na zona história da cidade. Nos dias 2 e 3 de Maio um cartaz musical indie pop/rock alternativo e alguma música moderna portuguesa irá trazer a Gaia todo a população num conceito que promete ser inovador, urbano e cosmopolita.
Depois de alguma espera, já que a data do festival de aproxima e o tempo é dividido entre as tantas tarefas que estão por fazer, foi dia de recebermos as respostas às nossas perguntas por Rui Brito Jorge, a quem agradecemos a simpatia e disponibilidade.

. Em primeiro lugar, como está a ser a experiência de organizar um festival de raiz?
Entusiasmante e vertiginosa, dado o tempo record em que está a ser organizado.

. A localização do festival foi previamente pensada e era uma praticamente uma obrigatoriedade, ou surgiu só depois de começarem a trabalhar no projecto, tendo em conta os recursos?
Enquanto espectador de alguns concertos neste local, sempre fui tendo um festival no meu imaginário. Deve ser das paisagens urbanas mais belas do mundo e com excelentes condições de tudo para ali se fazer um evento único e genuíno.

. Como se construiu o cartaz do InDouro Fest, e como o definem?
Definimo-lo como heterogéneo, para um público urbano e informado e na dimensão certa para o recinto onde irá decorrer.

. Vão haver algumas estreias em Portugal graças ao vosso evento. É intencional esta forma de dar a conhecer novos artistas ao publico português?
Sim, claro! É um dos nossos objectivos, estimular o prazer pela descoberta de novas bandas e sonoridades.

. Por fim, quais as expectativas para o primeiro fim de semana de Maio?
Expectativa de um fim de semana inesquecível !

Foi com uma boa dose de humor que Rui Brito Jorge respondeu às nossas perguntas inclusivé, qual foi a reação das bandas internacionais a tocarem no Norte de Portugal, onde a resposta foi inesperada “Nunca mais foram as mesmas pessoas, inclusive alguns até deixaram de comer bananas por causa disso… 🙂 Agora a sério, acho que lhes é indiferente… alguns nem sabem se é norte se é sul…”.

De qualquer maneiras ficamos contentes por termos um grande cartaz com nomes como Clinic, British Sea Power, Toy, Yuck, Lola Colt entre outros, em Gaia já no próximo mês de Maio.
O feedback do público tem sido “excelente e em uníssono”, e com o aproximar da recta final é evidente que há muito trabalho ainda a fazer, sem tempo para descansos. Quanto a nós, estaremos por lá para comprovar que este vai ser o evento do ano, e tu também podes partilhar connosco a tua experiência, basta que partilhes as tuas fotos com a hashtag #stalkingproject ou #eusoustalker no InDouro Fest.

Free Web Hosting