Tudo o que tens de saber sobre o BONS SONS’18

Edu Miranda Trio com habitante atenta à espreita  | Bons Sons’15

São mais de cinquenta atuações, oito palcos, num festival variado na representação da música portuguesa através de diferentes géneros. Podes contar com o rock, a pop, a folk, o jazz, passando pelo fado e o funk, até à eletrónica. Já em contagem decrescente, e com 5 passes oferecidos em parceria com o festival, sabe que ainda podes ir comprando o bilhete diário por 22€ e o passe geral para 45€.

Voluntários refrescam e animam as crianças durante a tarde | Bons Sons’15

A aldeia já se prepara para receber os novos habitantes temporários que reúnem numa enorme manifestação de música. Os locais cedem terrenos e quintais, montam infraestruturas, limpam, costuram, cozinham e durante o festival abrem as portas, as janelas, e recebem com um sorriso gentes de todas as idades.

Artistas ilustram parede junto ao Auditório | Bons Sons’15

Há peças artesanais a serem oferecidas aos artistas personalizadas pelos habitantes, e que os festivaleiros poderão comprar na loja do BONS SONS. A novidade deste ano é a representação de amor que invade a aldeia nas mensagens inscritas nas paredes, janelas e varandas.

As actividades multiplicam-se entre concertos. Óptimas para famílias, onde há cinema, performances, dança, mesa redonda e uma instalação – tudo no Auditório Agostinho da Silva.

Stalking Project não costuma ser tímido | Campismo Bons Sons’15

Ainda assim, as celebrações começam já no dia 8 de Agosto com a Festa de recepção aos campistas. Zhérois 2.1, o quinteto de Ourém venceu o concurso “Por Estas Bandas” e abre as hostilidades ao festival. Há também uma festa de encerramento, com música, jogos e surpresas, FOQUE e GODOT vão deixar o término da festa, ainda mais memorável.

Fica a par do alinhamento para os 4 dias do festival e vai-te preparado para o calor humano (e não só).

9 de Agosto
14:00 — Palankalanka MPAGDP


15:30 — Vozes de Manhouce com Isabel Silvestre MPAGDP


16:30 — Lince Giacometti


17:45 — Tia Graça – toda a gente devia ter uma Amália


18:00 — Sara Anjo Auditório Agostinho da Silva


19:00 — Jerónimo Giacometti


20:30 — The Lemon Lovers Zeca Afonso


21:45 — Salvador Sobral Lopes-Graça


23:00 — Fado Violado Amália


00:15 — Selma Uamusse Lopes-Graça


01:30 — Slow J Zeca Afonso


02:30 — Xinobi DJ Set Aguardela


 

10 de Agosto

14:00 — Patrícia Costa MPAGDP


15:30 — Meta MPAGDP


16:30 — S. Pedro Giacometti


17:45 — Norberto Lobo Amália


18:00 — Curtas em Flagrante Auditório Agostinho da Silva


19:00 — Tomara Giacometti


20:30 — João Afonso Amália


21:45 — Mazgani Lopes-Graça


23:00 — 10 000 Russos Zeca Afonso


00:15 — Sara Tavares Lopes-Graça


01:30 — Mirror People Zeca Afonso


02:45 — António Bastos Aguardela


03:45 — Forol DJ Set Aguardela


 

11 de Agosto

14:00 — Homem em Catarse MPAGDP


15:30 — Artesãos da Música MPAGDP


16:30 — O Gajo Giacometti


17:45 — Ela Vaz Amália


18:00 — Cristina Planas Leitão Auditório Agostinho da Silva


19:00 — quartoquarto Giacometti


20:15 — Miguel Calhaz Amália


21:30 — Zeca Medeiros Zeca Afonso


22:45 — Sean Riley & The Slowriders Lopes-Graça


00:00 — PAUS Zeca Afonso


01:15 — Cais Sodré Funk Connection Lopes-Graça


02:15 — Conan Osiris Aguardela


03:15 — Colorau Som Sistema Aguardela


 

12 de Agosto

14:00 — Orquestra de Foles MPAGDP


15:30 — Douradas Espigas MPAGDP


16:30 — Monday Giacometti


17:30 — Peltzer Zeca Afonso


18:00 — Susana Domingos Gaspar Auditório Agostinho da Silva


18:30 — Luís Severo Giacometti


19:45 — Rodrigo Amado Motion Trio Amália


21:00 — Dead Combo Lopes-Graça


22:15 — Moonshiners Amália


23:30 — Lena D’Água e Primeira Dama com a Banda Xita Lopes-Graça


00:45 — Linda Martini Zeca Afonso


02:00 — FOQUE + GODOT Aguardela


 

 

Free Web Hosting