Unknown Mortal Orchestra na Aula Magna [Reportagem]

As armas que pertencem ao arsenal dos Unknown Mortal Orchestra são variadas: um fuzz processado de fazer inveja às entranhas do Inferno, um funk e flow capaz de pôr qualquer um a pulsar da anca e uma capacidade singular de fazer crescer a sua marca lo-fi em performances ao vivo.

Foi assim na Aula Magna, que começou sentada mas rapidamente se entregou aos passos de dança de Ruban Nielsen e companhia. Com uma setlist irrepreensível, somos primeiramente brindados com a intro psíquica de “From The Sun”, que só termina depois de Nielsen dar a volta a toda a plateia enquanto nos rasga os sentidos com os seus solos peculiares. Daí para a frente, seria fiesta até ao fim, com direito a extended versions de quase todos temas, e uma espargata inesperada pelo meio. Uma “Swim and Sleep (Like a Shark)” sofrida, uma “Multi-Love” entoada em conjunto, ou uma “Hunnybee” de fazer derreter corações.

Houve de tudo para fazer as delícias dos fãs da banda que revolucionou o género lo-fi psicadélico, que fecham com a já clássica “Can’t Keep Checking My Phone” onde, curiosamente (ou não), ninguém tinha vontade de ter o maldito telemóvel na mão. Existem coisas mais importantes, e temos de as aproveitar, dançando de preferência.

Fotografia e Texto: Jérémy Pouivet

Free Web Hosting